sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Eliminadores de Eletricidade Estática

Os descarregadores de eletricidade estática têm as seguintes funções nos aviões:

1     - contribuem para eliminar interferências de radio dissipando eletricidade estática para a atmosfera em baixo nível de corrente, eles também dissipam a eletricidade estática que possa interferir com o sistema de comunicação e de navegação.
2     - protegem os sistemas eletrônicos, pois, os mesmos suportam uma ddp (diferença de potencial) muito menor que a produzidas pelo raio. Se não houvesse proteção, os sistemas parariam.
3     - A tendência da descarga é sair pelas extremidades da aeronave, como ponta de asa, ponta de profundor, ponta de flap, ponta de hélice e etc.

É comum aviões serem atingidos pelos raios, mas como estão imersos no ambiente ionizado, o raio passa pela carcaça metálica, que forma uma "gaiola de Faraday", e continua a descida em direção ao solo, sem afetar os instrumentos de bordo, pois, os descarregadores de estática trabalham praticamente eliminando a energia estática gerada pelo forte atrito causado pela passagem do raio . Quando um raio cai sobre a tela, cada "quadrícula" da malha metálica funciona como uma espiral de bobina. A reação do raio torna o campo eletromagnético dentro da gaiola nulo, desviando para a Terra a corrente gerada. Os engenheiros de aeronaves também realizam testes com a carcaça dos aviões e verificam qual material suporta e distribui melhor essa descarga. Se isso não for feito, um relâmpago em pleno voo pode causar imensos problemas, desde curtos-circuitos à falha total do sistema de comando, bombas de combustível...etc.
4     - protegem o avião contra as descargas, pois a gaiola de Faraday é muito eficaz contra o campo eletromagnético do raio, mas não contra a energia estática gerada tanto pelo atrito do avião com o ar e também pela passagem do raio.

O vento contra a aeronave (Arrasto) é o suficiente para causar energia estática, pois, quando a aeronave está em direção oposta ao vento natural, isso causa atrito, e com isso o avião fica carregado eletricamente com um sinal oposto ao do vento, nesse caso, os descarregadores equilibram novamente o avião evitando o acúmulo excessivo de estática.
Os descarregadores são tão importantes que somente o atrito causado pelo vento contrário já seria o suficiente para fazer com que os equipamentos de navegação, entre outros, sofressem sobrecarga.
O equipamento usado para verificar se os descarregadores de estática funcionam é o MEGÔMETRO.

Autor: José Eduardo Nogueira Alves, via http://www.manutencaodeaeronaves.eng.br

Um comentário:

Heinz Burda Filho disse...

Deixo tb como sugestão, a leitura da postagem feita pelo Lito lá no A&M:
http://www.avioesemusicas.com/aviacao/faq/perguntas/nita-pergunta/