segunda-feira, 24 de maio de 2010

UNIDADES DE MEDIDA - Metros ou Pés; Quilômetros ou Milhas???????

O Sistema Métrico Internacional, também conhecido como SI é baseado num grupo de sete unidades básicas coerentes na qual todas as derivações necessárias são rapidamente feitas. O fator de conversão universal adotado é o número 10. Esse sistema é usado rotineiramente na ciência e na vida diária de cada um de nós, exceto em um país: EUA. 

As unidades de medidas nos EUA são uma coleção ímpar de itens que vêm da história britânica. As unidades de comprimento e distância são milhas náuticas, milhas terrestres, jardas, pés entre outras. Para se ter uma idéia, e por motivos de harmonização com o sistema métrico internacional, o valor da polegada foi modificado para exatos 2,53 cm. (para continuar lendo clique em "MAIS INFORMAÇÕES")


Diferentemente do SI, os fatores de conversão nos EUA são números irregulares como 5,280; 3 e 12, para exemplificar.
Se houvesse possibilidade o restante do mundo poderia ignorar perfeitamente as unidades de medidas americanas, porém, como já disse no outro tópico, os EUA são responsáveis por grande parte do desenvolvimento da aviação no mundo, além disso, some-se ao fato que os EUA foram os grandes vencedores da II Guerra, e com isso puderam impor sua indústria de aviação ao resto do mundo. Consequência?? Os instrumentos de aviões passaram a ser lidos em pés, a pressão do ar em 
polegadas de mercúrio, e temperatura em Farenheit (somente para exemplificar). As bizarras unidades de medida americanas passaram então a contaminar a aviação mundial, e sem surpresa alguma vimos, em 1951, a ICAO padronizar em seus regulamentos a língua inglesa como língua oficial e as medidas usadas nos EUA como sistema de medidas padrão na aviação.
Pilotos e controladores no mundo todo - exceto nos EUA - estão acostumados e usam o SI em suas vidas. As estimativas mentais de quantidade, velocidade, distância, entre outros, são baseadas nesse sistema. Porém a ICAO, os instrumentos na cabine e as instruções ATC forçam tais pilotos/ ATC a fazer um rearranjo mental para o conforto americano. Eles devem mentalmente fazer a conversão de pés para metros, de milhas para quilômetro, entre outras conversões. Isso não é só moralmente injusto como também pode afetar significantemente a segurança de vôo, ao diminuir a concentração e capacidade de julgamento do piloto/ ATC durante momentos críticos como aproximação em mal tempo ou dezenas de aeronaves em sua responsabilidade (no caso do ATC ).
Para fins de curiosidade, segue alguns dados do sistema métrico americano:
O artigo primeiro da seção 8 da Constituição dos EUA dá ao Congresso daquele país poderes para "fixar os padrões de pesos e medidas" para a nação. Data desse artigo?? O ano de 1789.
O sistema métrico de Thomas Jefferson (na época trabalhando como primeiro secretário de Estado) é um sistema que lembra um pouco o SI em várias maneiras. A maior desvantagem desse sistema é o fato que ele não pensou em dar nomes ou prefixos para os múltiplos das unidades. Consequentemente, seu sistema foi sobrecarregado com uma carga enorme de nomes. Por exemplo: ele dividiu a unidade básica de distância (1 pé) em 10 polegadas. Então, cada polegada foi dividida em dez linhas, e cada linha dividida em 10 pontos (reparem que a divisão foi feita usando o fator de conversão universal do SI, o dez). Para distâncias maiores, 10 pés equivalia a uma década, 100 pés equivaliam a 10 acres, 1000 pés equivaliam a um furlong (medida antiga inglesa) e 10.000 pés valem uma milha (o que faz com que a milha de Jefferson seja o DOBRO da milha terrestre tradicional).
*** Segue link para conversão de diversas grandezas e unidades:
http://freeconversiontools.com/

Nenhum comentário: